Compartilhar Facebook   
Favoritar
EM REVISTANOTÍCIAS — PNAD 2012 DIVULGA NOVOS ÍNDICES DE ANALFABETISMO NO PAÍS...
02/10/2013

Pnad 2012 divulga novos índices de analfabetismo no país

IBGE disponibiliza informações socioeconômicas do Brasil, regiões e estados em 2012.

Divulgada em 27/09, a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) revela novos dados sobre população, migração, educação, trabalho, rendimento e domicílios do Brasil, grandes regiões, estados e regiões metropolitanas, coletados no ano de 2012.

Em relação ao analfabetismo, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), responsável pela pesquisa, o índice foi de 8,7%, o que corresponde a 13,2 milhões de analfabetos de 15 anos ou mais. Desse modo, houve um pequeno aumento de 0,1% em relação ao ano de 2011.

Para a instituição, não se pode afirmar que houve um aumento efetivo na taxa de analfabetismo, pois a variação está dentro do “intervalo de confiança”. Somente em 2014, quando for divulgada nova pesquisa, será confirmado se a taxa permanece estável ou se continua caindo, pondera Wasmália Bivar, presidente do IBGE.

Segundo os novos dados, as regiões Sul e Sudeste apresentaram taxas de analfabetismo de 4,4% e 4,8%, respectivamente. Na região Centro-Oeste, a taxa foi de 6,7%. Na região Norte, o índice foi de 10%.

O Nordeste, que concentra 54% do total de analfabetos, representando 7,1 milhões de pessoas, registrou a maior taxa de analfabetismo do país no ano passado: 17,4%. Apesar disso, em oito anos, a região apresentou a maior queda do país nesse indicador: 5,1 pontos percentuais (22,5%, em 2004, para 17,4%, em 2012).

O Ministério da Educação (MEC) divulgou, em nota, que 'o analfabetismo de jovens e adultos vem sendo reduzido no Brasil — passou de 11,5%, em 2004, para 8,7%, em 2012'. Além disso, afirmou que 'na faixa de 15 a 19 anos, a Pnad de 2012 registra taxa de analfabetismo de 1,2%, muito inferior à média geral, o que demonstra a efetividade das políticas em curso para a educação básica'.

Nesse sentido, a pesquisa revela que o número de pessoas de 25 anos ou mais sem instrução ou com menos de um ano de estudo caiu de 15,1% para 11,9%, o que corresponde a uma redução de 3,4 milhões de pessoas em um ano. Já a taxa de pessoas com nível superior completo passou de 11,4% em 2011 para 12% em 2012, o que equivale a 867 mil pessoas a mais, totalizando 14,2 milhões de universitários no país.

Sobre a Pnad

Realizada desde 1967, a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios tem como objetivo atender as demandas relacionadas ao planejamento e acompanhamento do desenvolvimento social, econômico e demográfico do país e suas unidades federativas. A partir de 1971, a pesquisa básica, que era feita a cada trimestre, passou a ser realizada anualmente.

Clique aqui para acessar a notícia na íntegra e conhecer outros indicadores da Pnad 2012.

 

Fonte: IBGE

Data de publicação: 27 de setembro de 2013  

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Magda Soares vence Jabuti
No dia 31/10, a Câmara Brasileira do Livro anunciou os vencedores do 59° Prêmio Jabuti. Entre os...
Inscrições para curso on-line
No dia 4/10, a Plataforma Alfaletrar abre inscrições para o curso Consciência fonológica:...
MAIS LIDAS
Ministério da Educação divulga Cens...
O Ministério da Educação divulgou o resultado final do Censo Escolar ...
Que personagem do Mapa da Literatur...
Você já se perguntou que personagem da literatura brasileira você seria...
VEJA MAIS
VOLTAR
COMENTÁRIO(S)
Faça login para comentar neste artigo, clique aqui!
Licença Creative CommonsEste trabalho foi licenciado com
uma Licença Creative Commons
PARCERIAS