Compartilhar Facebook   
Favoritar
EM REVISTAENTREVISTAS — RAIMUNDA ALVES MELO: O PAPEL DO COORDENADOR PEDAGÓGICO NO PROGRAMA PALAVRA DE CRIANÇA (PIA...

Raimunda Alves Melo: O papel do coordenador pedagógico no Programa Palavra de Criança (Piauí)

O desafio de promover a inserção de todas as crianças na cultura letrada, na idade certa, tem pautado muitas políticas educacionais, nas diferentes regiões do Brasil, com o intuito de criar as condições adequadas para o desenvolvimento do ensino-aprendizagem da leitura, escrita e compreensão de textos, habilidades cada vez mais necessárias no mundo contemporâneo. Esse é o objetivo principal do Programa Palavra de Criança, realizado desde 2009 com o apoio do Fundo das Nações Unidas para a Infância/ United Nations Children's Fund (Unicef) em parceria com a Secretaria Estadual de Educação do Estado do Piauí (Seduc).


Tendo por meta consolidar a alfabetização dos alunos das redes municipais até o 3º ano do Ensino Fundamental, o programa promove a formação de coordenadores pedagógicos para monitorar os docentes e gestores no processo de aprendizado da língua escrita. Além disso, realiza a avaliação das habilidades de leitura e escrita adquiridas pelas crianças, a quem concede um certificado atestando o estágio de aprendizagem em que se encontram. Uma importante característica do Palavra de Criança é a valorização do papel da família no processo educativo, o que é evidenciado pelas ações de estímulo à participação dos pais e outros familiares na vida escolar das crianças.


Atualmente, o Programa, que se iniciou pelas prefeituras de Teresina (Piauí) e de Sobral (Ceará), foi ampliado, desde 2012, a 188 municípios do Piauí. Para falar mais sobre esta proposta e sobre o papel do coordenador pedagógico nela, a Plataforma do Letramento entrevistou Raimunda Alves Melo, mestranda em Educação pela Universidade Federal do Piauí (UFPI) e consultora do Programa Palavra de Criança em 25 municípios piauienses.

Plataforma do Letramento: Quais são os objetivos e a abrangência do Programa Palavra de Criança?
Raimunda Alves Melo: O Programa Palavra de Criança, implantado no estado do Piauí em 2009, pelo Unicef, tem por objetivo qualificar as equipes das redes municipais de educação para a implementação das políticas de alfabetização e letramento, visando garantir o direito das crianças de serem alfabetizadas e letradas na idade certa. O Programa tem se consolidado por sua relevante contribuição para a alfabetização de milhares de crianças piauienses, espalhadas por 188 municípios do estado.

PL: Quais são as principais linhas de ação do Programa e como ele repercute no cotidiano da escola, dos professores, estudantes e de seu entorno?
RAM: O trabalho é realizado por meio da formação e do assessoramento aos coordenadores municipais de alfabetização, profissionais responsáveis pela articulação e implementação das ações propostas pelo programa no seu município. O Programa tem como principais eixos: organização da sala de aula, participação da família na vida escolar do aluno, formação dos diretores e coordenadores pedagógicos, e monitoramento das ações do plano de trabalho.
No que diz respeito ao eixo “organização da sala de aula”, os coordenadores municipais são capacitados para fazer a formação continuada dos coordenadores pedagógicos e gestores escolares de seus municípios. O foco é a formação desses profissionais por serem eles que se encarregam de orientar os professores em relação ao trabalho com a literatura infantil, ao planejamento da ambientação da escola e das salas de aula, e ao estabelecimento de propostas pedagógicas que garantam a alfabetização e o letramento das crianças. Essa formação abrange estudos em três áreas da gestão: do ensino, da aprendizagem e das rotinas escolares.

PL: De que forma o coordenador pode promover a inserção das crianças na cultura letrada?
RAM: O coordenador pedagógico é o profissional que, na escola, tem o importante papel de desenvolver e articular ações pedagógicas que viabilizem um processo de ensino e aprendizagem de qualidade. Sua principal frente de trabalho é a relação com a equipe docente. Por meio da formação, do acompanhamento e da reflexão sobre a prática de sala de aula, esse profissional garante a coerência da abordagem de cada educador com o projeto pedagógico da escola. Atua também no sentido de pesquisar e integrar as ações das escolas aos projetos culturais da comunidade, de modo a aproximar o ambiente escolar e os espaços dos quais as crianças participam além dos muros da instituição.


PL: Como é a atuação deste profissional no Programa Palavra de Criança?
No Programa, o coordenador pedagógico é relevante na garantia de condições que assegurem a alfabetização e o letramento das crianças, pois ele é um orientador das práticas dos professores, estimulando-os a adotar estratégias metodológicas diversificadas para o desenvolvimento de habilidades de leitura e escrita. É ainda um mobilizador das famílias e da comunidade, bem como um articulador das condições físicas e materiais em que se desenvolvem os processos de ensino e aprendizagem.
Em relação ao ciclo da alfabetização, cabe ao coordenador favorecer a inserção das crianças na cultura letrada por meio da articulação das seguintes ações: formação continuada e orientação dos professores; acesso e utilização das obras literárias; e conscientização das famílias para estímulo ao letramento desde os anos iniciais do Ensino Fundamental.

PL: Como a formação oferecida pelo Programa pretende contribuir para que o coordenador pedagógico exerça bem seu papel?
RAM: Ao ser selecionado ao cargo, o coordenador pedagógico recebe capacitação para identificar as diferentes demandas presentes nessa trama comunicativa e exercer seu papel com sucesso. Ao participar mensalmente dos encontros de formação continuada propostos pelo Programa Palavra de Criança, este profissional é preparado para discernir as diferentes instâncias pelas quais seu trabalho perpassa e atuar facilitando o desenvolvimento da escola, bem como os processos de ensino e aprendizagem, alfabetização e letramento dos educandos e de suas famílias.

PL: De acordo com a formação oferecida no Programa, como o coordenador pedagógico atua na orientação do trabalho dos professores alfabetizadores em sala de aula?
RAM: No que se refere às práticas de leitura e escrita,todo o trabalho é organizado com base em uma rotina de sala de aula, na qual as crianças participam de atividades que estimulam os três pilares de ensino da língua: leitura, escrita e comunicação oral. O coordenador pedagógico auxilia os professores na definição das rotinas semanais e na elaboração de sequências e projetos didáticos que permitam a exploração da leitura e da escrita diariamente. Em relação ao trabalho com a literatura infantil, fornece subsídios teóricos e práticos que estimulem os educadores a trabalhar com os diversos gêneros textuais.
Como parte da gestão das rotinas escolares, o coordenador se articula com o gestor escolar para garantir um bom acervo de textos e livros, bem como a criação de ambientes propícios para a prática diária de leitura e escrita. Durante todo o ano, as crianças participam de forma sistemática de atividades permanentes como: rodas de leitura, visita a bibliotecas escolares ou públicas, atividades de leitura e escrita por meio da utilização de recursos tecnológicos, criação de murais e painéis na escola, projetos de contação de histórias, chás literários, projetos com gêneros literários, entre outras atividades que proporcionem o prazer da leitura e da escrita, contemplando o uso social destas.

PL: Como o Programa Palavra de Criança estimula o envolvimento da família no letramento e na alfabetização dos estudantes?
RAM: A participação da família na vida escolar do aluno é outro eixo importante do Programa. Para assegurá-la, o coordenador pedagógico atua no desenvolvimento de ações educativas e de articulação que visam integrar as famílias à vida escolar, para que elas garantam a frequência regular dos educandos e acompanhem suas atividades escolares. Por meio de encontros educativos mensais com as famílias, o coordenador pedagógico orienta a adoção de hábitos diários de contação de histórias para as crianças, empréstimos de títulos literários na biblioteca e estratégias de leitura em casa.
Como forma de estímulo, os professores são orientados a planejar diariamente atividades envolvendo leitura, para que as crianças realizem em casa com os pais. O empréstimo diário de livros dos cantinhos de leitura, bem como as rodas de leitura no dia seguinte, têm sido importantes estratégias no estímulo à formação de alunos leitores, extensivas às famílias.


Assista ao vídeo que apresenta os objetivos e as práticas promovidas pelo Programa Palavra de Criança.


 

ÚLTIMAS ENTREVISTAS

...
MAIS LIDAS
Alfabetização e letramento
Em entrevista, Magda Soares, uma das maiores especialistas no tema, fala dos processos de...
Roxane Rojo fala de alfabetização e...
Nesta entrevista, Roxane Rojo, professora livre-docente do Departamento de Linguística Aplicada da...
VEJA MAIS
O direito de se alfabetizar...
Coluna do especialista Antônio Augusto Batista fala sobre o direito de se alfabetiza...
Letramentos e culturas juvenis
Artigo do antropólogo Alexandre Barbosa propõe reflete sobre a relação entre escola, jovens e novas tecnologias.
VOLTAR
COMENTÁRIO(S)
Faça login para comentar neste artigo, clique aqui!
JILSELIA FERREIRA MIRANDAJILSELIA FERREIRA MIRANDA disse em 13/08/2020 23h58
Gostaria de parabenizar a professora Raimundinha pela excelente entrevista onde a mesma fala da importância que tem o educador para as crianças nos anos iniciais como também para estar alfabetizando cada uma dessas crianças
MARIA DO SOCORROMARIA DO SOCORRO disse em 02/03/2016 15h23
Parabéns a Professora Raimundinha pela entrevista, muito boa, e gradecer pela atenção ao nosso município.
MARIA DO SOCORROMARIA DO SOCORRO disse em 02/03/2016 15h21
O Programa Palavra de Criança em Castelo do Piauí tem contribuído de forma efetiva para a implementação da política de alfabetização do município. Tendo como suporte os princípios do programa damos uma visibilidade maior a formação de professores e o trabalho com as familias. Aproveitamos para parabenizar toda a equipe do PROBEM e agradecer pela parceria de sucesso e que vem se consolidando a cada etapa do Programa. Agradecer as consultoras pelo excelente trabalho de acompanhamento que fazem junto aos municípios o que não deixa de também contribuir para realização das ações e resultados do programa 9 Socorro Costa - Coordenadora do PPC/ CASTELO DO PIAUÍ.
FRANCISCA DAS CHAGASFRANCISCA DAS CHAGAS disse em 02/03/2016 15h21
Eu sou professora Chaguinha Monte coordenadora do Programa Circuito Campeão no município de Castelo do Piauí, inicialmente gostaria de parabenizar a professora Raimundinha Melo pela belíssima entrevista com enfase na função do coordenador pedagógico no Programa Palavra de Criança do UNICEF, o diferencial do referido programa está em um trabalho voltado a importância do acompanhamento das famílias no desempenho das habilidades de alfabetização das crianças. Visto que, o conceito de alfabetização mudou bastante nos últimos anos no Brasil e o coordenador pedagógico tem o papel de articular ações para que tenhamos uma nova história na Educação Brasileira.
MARIA DA GLÓRIA DA SILVA VIEIRA DE MATOSMARIA DA GLÓRIA DA SILVA VIEIRA DE MATOS disse em 19/07/2014 21h05
A entrevista com Raimundinha Melo é belíssima e nos relata a importância e o grande desafio do educador para alfabetizar a criança nas séries iniciais.O Programa Palavra de Criança com certeza contribuirá muito com o fortalecimento do ensino-aprendizagem das crianças promovendo o elo integrativo da família e da escola.
MARIA DA GLÓRIA DA SILVA VIEIRA DE MATOSMARIA DA GLÓRIA DA SILVA VIEIRA DE MATOS disse em 19/07/2014 21h05
A entrevista com Raimundinha Melo é belíssima e nos relata a importância e o grande desafio do educador para alfabetizar a criança nas séries iniciais.O Programa Palavra de Criança com certeza contribuirá muito com o fortalecimento do ensino-aprendizagem das crianças promovendo o elo integrativo da família e da escola.
RAIMUNDA ALVES MELORAIMUNDA ALVES MELO disse em 17/04/2014 22h30
Olá, estimados (as) leitores (as) da Plataforma do Letramento, Primeiramente, em nome de toda a equipe do Programa Palavra de Criança, agradecemos todas as demonstrações de apoio e reconhecimento pelos resultados do PPC proferidos por vocês nos comentários abaixo. Os depoimentos dos educadores de vários municípios piauienses (Castelo do Piauí, Buriti dos Montes, Juazeiro do Piauí, Caldeirão Grande do Piauí, Simões do Piauí e outros) evidencia o que afirma Rui em suas sábias palavras “a luta pela alfabetização de crianças envolve o trabalho de centenas de educadores e educadoras piauienses”, que lutam por um direito social tão importante como é o da alfabetização até os 8 anos de idade. Neste cenário, a formação do coordenador pedagógico se destaca como um dos componentes fundamentais por contribuir significativamente para o fortalecimento da prática docente e consequentemente para melhoria dos processos de ensino e aprendizagem. Neste aspecto, concordamos com Desterro, Ireuda e Mathusalém quando os mesmos afirmam que a formação do coordenador pedagógico é essencial, pois este profissional é responsável pela formação e apoio pedagógico aos professores. Dessa forma, formá-lo é uma ação estratégica para a garantia da alfabetização das crianças. O sucesso das ações do Programa deve-se ainda a promoção da participação da família na vida escolar das crianças por meio do Projeto A Família Aprendendo Junto, conforme citam Damiana, Francisco Marcos e Elayne. Esta ação contribuiu para a melhoria dos índices de atividades de casa feitas, número de livros lidos e principalmente na conscientização das famílias para acompanhamento da aprendizagem das crianças.
LUIZLUIZ disse em 17/04/2014 09h40
Gostei muito do projeto.Pois, na turma que estou trabalhando venho desenvolvendo um projeto de sala desde o início do ano com o nome de "Ler para crescer". Os alunos levam o livro para casa e ficam com ele oito dias. Uma vez na semana formamos a roda de leitura e os alunos fazem a leitura ou contam sobre o livro. Também tem uma ficha onde os mesmos respondem aspectos do livro e contam com suas palavras o que entenderam, originando assim uma reprodução da história. Afirmo que está dando certo e percebi avanço dos meus alunos em todas as áreas do saber. pretendo continuar com esse projeto o ano todo. Lendo sobre o projeto da plataforma deu mais estímulo para estar continuando.
ELAYNEELAYNE disse em 19/03/2014 11h30
Parabéns, professora Raimundinha Melo, pelo belíssimo trabalho que vem desenvolvendo junto com a equipe do Palavra de Criança. O programa tem trazido grandes contribuições para Educação do município de Simões e também do Piauí,fortalecendo as competências dos coordenadores municipais, contemplando as formações dos gestores escolares e a implantação do projeto a Família Aprendendo Junto.
JAINEJAINE disse em 17/03/2014 20h08
Só ocorre de verdade a garantia e as condições de uma alfabetização e o letramento das crianças de qualidade. Quando desenvolve programas com principais eixo viabilizando a importância do seu papel para um ensino de qualidade.
DAIANEDAIANE disse em 16/03/2014 21h29
Muito bom este programa.
IRISDALVA SOARES ROCHA E SILVAIRISDALVA SOARES ROCHA E SILVA disse em 16/03/2014 20h33
Parabéns, professora Raimundinha Melo por nos contemplar e ampliar os nossos conhecimentos com essa belíssima entrevista, e também pelo excelente trabalho que vem desenvolvendo junto a toda equipe do Palavra de Criança, Programa que está fazendo a diferença em todo o Piauí e em nosso Município de Juazeiro do Piauí.
IREUDA OLIVEIRAIREUDA OLIVEIRA disse em 12/03/2014 14h19
A entrevista com a professora Raimundinha Melo, só veio mostrar a importância do programa Palavra de Criança, e a sua contribuição na formação do coordenador pedagógico. É um programa belíssimo, é um grande parceiro do PNAIC, um programa que vem dando certo e só temos que parabenizar aos idealizadores e parabéns a você Raimundinha pela entrevista foi ótima..
FRANCISCO MARCOSFRANCISCO MARCOS disse em 11/03/2014 17h45
No município de Buriti dos MOntes o programa palavra de criança vem fortalecendo a politica de alfabetização de forma bastante exitosa. As formações ofertadas aos gestores e coordenadores garantem o sucesso das ações propostas pelo programa e chega até os professores e às famílias por meio da ação "familia aprendendo junto". Enfim, o programa é de grande valia e em 2013 conseguimos que o municipio fosse certificado pelo UNICEF afirmando que nossas crianças foram bem alfabetizadas ao final do ciclo de alfabetização. Parabéns aos idealizadores do programa e de forma mais direta a nossa consultora Raimundinha Melo.
MATHUSALÉMMATHUSALÉM disse em 11/03/2014 14h47
Excelente trabalho que o Programa Palavra de Criança executa no Piauí e em especial em Castelo do Piauí, minha cidade.E uma dessas ferramentas de trabalho, importantíssima, é a formação do coordenador pedagógico, pois investir na capacitação do coordenador é investir na qualidade dos conteúdos desenvolvidos na escola e na própria qualidade do trabalho do professor.Dentro da sua prática, pois o trabalho do coordenador reflete em todo o ambiente escolar.E a Raimundinha Melo,relata isto muito bem nesta reportagem .Mediante as experiências e modo de fazer o trabalho do coordenador pedagógico poderá ser executado de forma segura com o seu papel numa instituição educacional.Parabéns pela matéria.
DAMIANADAMIANA disse em 11/03/2014 11h35
Excelente trabalho do Programa Palavra de Criança, contribuindo fortemente com a alfabetização das Crianças Piauienses e grande parceiro do PNAIC.De todos os eixos do programa, vale ressaltar a importância da formação dos gestores escolares: Coordenador/Diretor, como também a Participação da Família na vida escolar do aluno, com o projeto a Família Aprendendo Junto.Finalizo com a citação de Cora Carolina refletida por a Professora Raimundinha em visita ao município de Caldeirão Grande do Piauí no ano de 2013, como consultora do Instituto ProBem: O que vale na vida não é o ponto de partida e sim a caminhada. Caminhando e semeando , no fim terás o que colher.
RUIRUI disse em 11/03/2014 09h59
A entrevista com Raimundinha Melo dá visibilidade ao trabalho de centenas de educadores e educadoras piauienses que estão fazendo a diferença, lutando contra tanta diferença e até mesmo contra a indiferença. O Programa Palavra de Criança nasceu entre educadores de Teresina e Sobral, foi institucionalizado pelo UNICEF, Instituto ProBem e Governo do Piauí e hoje está nas salas de aula promovendo mudanças concretas, num tremendo esforço de qualificação das coordenações pedagógicas municipais. Parabéns a todos e todos em nome de Raimundinha.
DESTERRO BARROSDESTERRO BARROS disse em 10/03/2014 19h53
Belissomo trabalho do Programa Palavra de Criança no Piauí, a formação do coordenador pedagógico é essencial, pois está associada ao processo de formação em serviço dos professores. Processo denominado de Educação Continuada, tanto nos textos oficiais de secretarias municipais e estaduais de educação, como na literatura recente sobre formação em serviço a Educação Continuada esta se faz necessária pela própria natureza do saber e do fazer humano, como práticas que se transformam constantemente.
Licença Creative CommonsEste trabalho foi licenciado com
uma Licença Creative Commons
PARCERIAS