Compartilhar Facebook   
Favoritar
ACERVOPARA APROFUNDAR — DOCUMENTÁRIO “MENINOS DE PALAVRA”...

Documentário “Meninos de Palavra”

Que ações de letramento acontecem em oficinas de arte e cultura desenvolvidas com adolescentes em privação de liberdade? Como as linguagens artísticas se articulam ao trabalho de leitura, escrita e oralidade? Essas foram as questões que levaram a Plataforma do Letramento, em parceria com o Projeto Educação com Arte, a elaborar o audiovisual Meninos de Palavra.


Desde 2008, o Projeto Educação com Arte: Oficinas Culturais, desenvolvido pelo Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec), em parceria com a Fundação Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente (Fundação Casa), em São Paulo (SP), vem realizando oficinas que têm como proposta político-pedagógica assegurar aos adolescentes privados de liberdade o direito à educação e à cultura, previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Explorando diversas linguagens, como capoeira, cultura popular, teatro, artes da palavra, artes visuais e musicalização, as oficinas trabalham aspectos de autoria, identidade, valorização do potencial criativo e elevação da autoestima dos adolescentes, contribuindo para o desenvolvimento de uma consciência crítica, a incorporação de novos valores e o rompimento da cultura da violência.


O documentário, a seguir, é dividido em duas partes. A primeira traz cenas das oficinas e a segunda, reflexões de especialistas sobre o letramento presente nos trabalhos dos arte-educadores:



Palavra de especialistas
A professora Maria José Nóbrega, especialista em formação de professores, que participou das gravações de uma das oficinas, relata sua experiência como expectadora: "Era o primeiro encontro da oficina de musicalização. Para quem ouvia de fora, era só um enorme ruído. Cada adolescente tocando seu instrumento em um tempo diferente, enquanto o arte-educador, absolutamente sereno, incentivava que continuassem tocando. Ele se aproximava de um por um e tinha uma escuta para a singularidade daquele som. Isso me mostrou como é possível entender que aquilo que escutamos como ruído é a possibilidade de ingressar no universo dos sentidos."


Maria Amábile Mansutti, coordenadora técnica do Cenpec, destaca a importância das oficinas para a formação cultural dos jovens. "Esse programa de oficinas culturais tem uma intencionalidade que fomenta o trabalho com o potencial desses jovens, que na maioria das vezes não encontraram esse espaço na escola", afirma a educadora.


Já Sônia Madi, coordenadora da Plataforma Alfaletrar, destaca a importância da escuta atenta entre educadores e educandos. "Um ponto alto que percebo nessas oficinas é a escuta. Uma delas é a de quem está ouvindo atentamente o texto que o menino escreveu, buscando entender que ideias, sentimentos estão latentes naquela escrita. Outra é a do dizer e compreender o texto, aproximando-se do que o autor quis dizer. Isso exige um afinamento da escuta envolvida na compreensão da leitura”, reflete.


Ficha técnica/artística
Meninos de Palavra

Concepção: Daniela Schoeps, José Alves, Tamara Castro
Direção, fotografia e edição: Fabrício Borges
Som direto: Edson Pelicer, Fernanda Ribeiro, José Alves, P.MC, Tamara Castro, Tony Saga
São Paulo: Cenpec, 2017


Leia também a entrevista com Daniela Schoeps, ex-coordenadora do Projeto Educação com Arte: O adolescente em privação de liberdade e a arte-educação.

VOLTAR
COMENTÁRIO(S)
Faça login para comentar neste artigo, clique aqui!
Licença Creative CommonsEste trabalho foi licenciado com
uma Licença Creative Commons
PARCERIAS