Compartilhar Facebook   
Favoritar
ACERVOEXPERIMENTE — JOGAR: UMA ESTRATÉGIA DE LETRAMENTO CARTOGRÁFICO...

Jogar: uma estratégia de letramento cartográfico

Sugestão de encaminhamento:
Atividades de aquecimento
Professor, você pode iniciar a aula lendo para os alunos “Os sábios e o elefante”, conto do folclore hindu. Essa narrativa pode ser encontrada no livro Lá vem história, de Heloísa Pietro (São Paulo: Companhia das Letrinhas, 1997). Ou assista com eles a esta animação:

Converse com os alunos sobre o conto, destacando a questão dos diferentes pontos de vista apresentados pelos sábios.
Em seguida proponha esta atividade.
• Escolha um objeto (por exemplo, um urso de pelúcia) e mostre-o em várias posições aos alunos.
• Coloque o objeto em cima de uma mesa e disponha os alunos em volta dele.
• Peça que eles desenhem esse objeto – mas só podem desenhar o que estão vendo! Uma maneira interessante de focar o olhar do aluno: entregue um rolinho do papel higiênico, ou de papel toalha, para ser usado como um monóculo. Assim, ele focará uma parte do objeto e desenhará somente essa parte, como os sábios no conto hindu.
• Exponha os desenhos e converse sobre a questão do ponto de vista: peça que exponham as sensações, se foi fácil desenhar somente uma parte, se gostaram da experiência.
Agora é a sua vez, professor, de desenhar para a segunda proposta.
• Escolha alguns objetos da sala (por exemplo, o cesto de lixo, a mesa dos alunos, um tubo de cola). Desenhe esses objetos na visão vertical sem que os alunos vejam. O ideal é fazer isso sem a presença deles.
• Organize a sala em círculo, coloque os desenhos no chão para que sejam observados de cima e proponha que os alunos descubram quais objetos foram desenhados.
• Assim que eles descobrirem, pergunte se sabem como os desenhos foram realizados. Puxe novamente a conversa sobre ponto de vista, resgatando o conto e os desenhos de observação que eles fizeram.


Jogo de observação
A criança muitas vezes aprende brincando. A ludicidade deve fazer parte da rotina escolar nos primeiros anos do Ensino Fundamental e, se possível, estar presente até o fim da vida! A próxima proposta é um jogo, a que demos o nome de “Que objeto é esse? Descubra se for capaz!”.
Objetivo: descobrir qual objeto foi desenhado.
Cada grupo receberá:
•  caixa de sapato com um objeto dentro;
•  folha de sulfite;
•  lápis ou caneta preta;
•  folha de monobloco.
Preparação:
Professor, será preciso providenciar os materiais com antecedência. É importante que os objetos selecionados sejam bem conhecidos de todos os alunos para que eles tenham uma referência. Imagens feitas de cima são muito diferentes e difíceis de ser identificadas.
Organize a classe em pequenos grupos. A atividade deverá ser realizada em um espaço amplo, onde cada grupo fique afastado do outro − uma quadra seria a opção mais adequada para a dinâmica. É importante os alunos compreenderem que o ambiente de aprendizagem não se restringe à sala de aula.
Regras do jogo:
•  Cada grupo receberá uma caixa fechada com um objeto dentro.
•  Também receberá uma folha sulfite.
•  Os alunos deverão ficar em pé e a caixa no chão.
•  O grupo desenhará o objeto do ponto de vista de cima (visão vertical).
Como jogar:
Os grupos não poderão estar próximos um dos outros. É necessário desenhar o objeto visto de cima de forma que os outros não vejam. Assim que todos acabarem, façam um grande círculo.
Cada grupo apresentará o seu desenho, um de cada vez, para que os outros vejam e anotem no monobloco o nome do objeto.
Quando todos apresentarem seus desenhos e registrarem as opiniões, será o momento de mostrar os objetos e verificar os acertos.
Vence o grupo que identificar o maior número de objetos.
Compartilhamento das descobertas:
Quando terminarem, é o momento de conversar sobre a atividade. Leve os alunos a refletir sobre como os objetos ficam diferentes de acordo com a nossa posição e o modo como os enxergamos. Peça que desenhem o mesmo objeto, agora visto de frente, para que notem como a percepção se modifica.
Exponha os desenhos em um mural da classe.

1 2 3 
MAIS EXPERIMENTE
Fazer canção com a turma
A canção, ou seja, a música com letra, é uma das maiores...
Ler, interpretar e resolver...
Dentre as várias atividades propostas nas aulas de Matemática, uma, em...
Inventar maneiras criativas de...
Todas as pessoas, em qualquer momento da vida, desde que são muito pequenas...
Criar programas de rádio com a...
A escola divide seu espaço com outras formas de aprendizagem e disputa a...
Palavra-brinquedo: fazer poesia e...
“Palavra poética tem que chegar ao grau de brinquedo para ser...
VOLTAR
COMENTÁRIO(S)
Faça login para comentar neste artigo, clique aqui!
RENATARENATA disse em 26/03/2019 12h15
Olá Josiane, Bom saber que está gostando da proposta. Se você aplicar com seus alunos, e puder contar depois será muito bom. Bj Renata
JOSIANEJOSIANE disse em 26/03/2019 00h39
Boa noite, estou amando.
RENATARENATA disse em 12/12/2016 13h18
Olá Márcia Cristina, Muito bom receber notícia que professoras realizam trabalho de letramento cartográfico com crianças pequenas. Parabéns! Renata
MARCIA  CRISTINAMARCIA CRISTINA disse em 11/12/2016 11h41
Fiz um trabalho cartográfico com crianças de 5 anos onde descobrimos partindo do concreto o que seria planta baixa e mapa para depois construirmos o mapa do tesouro. foi mágico
RENATARENATA disse em 28/04/2015 09h42
Katia Elizabeth. Tudo bem? Bom saber suas impressões. Se por um acaso tiver mais depoimentos sobre o desenvolvimento da sequência, deixaria contribuição para outros professores. Isso é um convite a desenvolver e relatar.
KATIA ELIZABETHKATIA ELIZABETH disse em 26/04/2015 12h28
Muito bom e fácil de aplicar.
Licença Creative CommonsEste trabalho foi licenciado com
uma Licença Creative Commons
PARCERIAS