Compartilhar Facebook   
Favoritar
ACERVOEXPERIMENTE — CRIAR NANOCONTOS COM A TURMA...

Criar nanocontos com a turma

Muitas vezes, ao trabalhar gêneros literários em sala de aula, temos dificuldades de propor produções adequadas à faixa etária dos alunos, que considerem seus conhecimentos prévios e despertem seu interesse. Com o advento e desenvolvimento das tecnologias da informação e da comunicação (TICs), a literatura não só ganhou outro meio de divulgação, como também obteve novas possibilidades de produção, novos formatos, novas linguagens. Gêneros literários passaram a explorar as possibilidades de leitura e escrita na internet. Um exemplo é o nanoconto, também chamado de miniconto ou microconto. Neste Experimente, propomos um plano de aula cujo objetivo final é a produção desse gênero pelos alunos e sua divulgação no microblog Twitter.


Público-alvo: alunos do Ensino Fundamental II e do Ensino Médio.


Objetivos:
•  Ler nanocontos e contos.
•  Estudar elementos da narrativa.
•  Produzir nanocontos.
•  Usar o Twitter para divulgar produções escritas dos alunos.
•  Usar o Twitter para que os alunos comentem as produções uns dos outros.
 
Materiais:
•  Seleção de contos e nanocontos para leitura com a turma.
•  Computadores, tablets ou celulares conectados à internet.


Sobre o trabalho com o texto, especialmente o nanoconto
Na consideração acima, destaca o papel do outro na leitura e na produção de textos. É com base na imagem que faz desse outro que o autor cria pistas para que os sentidos construídos na leitura se aproximem do que pretende comunicar.


No trabalho em sala de aula, Geraldi (Portos de passagem. São Paulo, Martins Fontes, 1991) aponta dois aspectos:
•  a leitura envolve a construção de sentido com base em pistas presentes no texto, como a situação comunicativa em que o texto é produzido, o gênero do discurso em que se realiza, suas características linguísticas etc.;
•  a produção de texto envolve considerar o trabalho de compreensão do leitor, a construção conjunta de sentidos.


Pretendem-se abordar esses dois aspectos neste Experimente.
O nanoconto (miniconto ou microconto) é um gênero narrativo literário caracterizado pela concisão. Para contar uma história com poucas palavras, recorre-se a elipses que devem ser preenchidas pelo leitor com base em seus conhecimentos prévios e de relações intertextuais explícitas ou implícitas.


1 2 3 4 
MAIS EXPERIMENTE
Brincar de abecedário com a turma
“Para brincar é preciso de vontade, de encontro com outras crianças e...
Realizar uma roda de cordel
O cordel é um gênero cujos textos contêm grande diversidade de temas....
Conta outra: mitos e lendas no...
Início da conversaVivemos uma mudança de paradigma na...
Inventar maneiras criativas de...
Todas as pessoas, em qualquer momento da vida, desde que são muito pequenas...
Desafiar a turma com jogos de...
O jogo é uma atividade que desafia e mobiliza diferente saberes, pensamentos e...
VOLTAR
COMENTÁRIO(S)
Faça login para comentar neste artigo, clique aqui!
HILDAHILDA disse em 20/06/2019 21h47
Parabéns, gostei muito do texto. Bem explicativo.
DANIELDANIEL disse em 22/02/2016 14h29
ok ok ok
DANIELDANIEL disse em 22/02/2016 14h29
ok ok ok
LAURALAURA disse em 10/10/2014 15h00
Olá, gostaria de uma indicação teórica sobre o nanoconto, para aprofundamento do tema.
PLATAFORMAPLATAFORMA respondeu em 13/10/2014 10h38
Olá, Laura! Há uma dissertação de mestrado de Juliana Medeiros (Letras/USP), "Navegar é preciso - O leitor contemporâneo e os desafios da leitura hipertextual em Abrindo caminho e A maior flor do mundo", que trata, entre outros gêneros, do nanoconto. É uma leitura bastante interessante: http://www.teses.usp.br/t...deiros_VRev.pdf Esperamos que a ajude nesse aprofundamento e agradecemos sua participação!
Licença Creative CommonsEste trabalho foi licenciado com
uma Licença Creative Commons
PARCERIAS