Compartilhar Facebook   
Favoritar
ACERVOEXPERIMENTE — ORGANIZAR UM BAILE DE CARNAVAL...

Organizar um baile de Carnaval

A origem do Carnaval remonta a celebrações pagãs da Antiguidade, tanto na Mesopotâmia quanto na Grécia e em Roma. Ao ser incorporado às tradições do Cristianismo, em 1091, passou a marcar um período de festividades que aconteciam entre o Dia de Reis e a Quarta-Feira de Cinzas, antecedendo a Quaresma, período em que os fiéis deveriam dedicar-se exclusivamente às questões espirituais.


Embora não haja uma data exata consensual do início dos festejos no Brasil, o Carnaval se tornou a nossa festa mais popular. O costume de se brincar nesse período foi trazido pelos portugueses, provavelmente no século XVI. Tratava-se de uma tradição da Idade Média em Portugal, onde se comemorava a data com brincadeiras que tinham formas e cores variadas de acordo com a aldeia. Em algumas, destacava-se a presença de grandes bonecos, conhecidos como “entrudos”. Daí o nome pelo qual a festividade era conhecida na época: Entrudo

Essa festividade é tão importante em nossa cultura que se costuma dizer que o ano só começa depois do Carnaval. No exterior, essa festa se transformou em um dos grandes referenciais da cultura brasileira, tanto que, no imaginário de muitos estrangeiros, “Carnaval” está entre as três primeiras palavras lembradas quando o assunto é Brasil.


E como toda criança adora uma festa, a Folia do Rei Momo pode ser um prato cheio para atividades envolventes em que todos certamente se divertirão. Nossa proposta é recriar uma das brincadeiras mais tradicionais desse período: o baile de Carnaval, com direito a marchinhas, desfiles de fantasia, confetes e serpentinas.

Público-alvo: alunos da Educação Infantil e da primeira etapa do Ensino Fundamental.


Objetivos:
• Pesquisar a história do Carnaval no Brasil, por meio de relatos e imagens dos pais, tios e avós dos alunos. Eles podem buscar com as famílias registros fotográficos do tempo em que seus parentes eram crianças. Também é interessante trazer pequenos recortes de revistas e jornais com imagens de fantasias. Esse material pode ser organizado em uma pequena exposição na sala de aula ou em outro espaço na escola.  
• Identificar, nos relatos coletados, palavras e expressões que remetam a costumes sociais diferentes dos atuais e perceber as variações pelas quais a língua passa.
• Vivenciar a alegria do Carnaval, por meio de trabalho coletivo de decoração da sala e confecção das fantasias, além de compartilhar a experiência de se divertir juntos.  

1 2 3 
MAIS EXPERIMENTE
Refrescar a cuca na Matemática
Início de conversaTrabalhar com jogos na sala de aula tem se revelado um importante...
Investigar as estratégias dos...
O anúncio publicitário é um gênero textual que tem por objetivo...
Praticar cartografia fazendo uma...
Início da conversa A arte da cartografia está presente em nossa cultura...
Brincar de abecedário com a turma
“Para brincar é preciso de vontade, de encontro com outras crianças e...
Ler infográficos na sala de aula
A leitura não é uma habilidade neutra e uniforme que, uma vez aprendida,...
VOLTAR
COMENTÁRIO(S)
Faça login para comentar neste artigo, clique aqui!
ROZANAROZANA disse em 21/03/2014 12h00
O tema é maravilhoso e bem sugestivo. Poderá se fazer um trabalho excelente em todas as disciplinas através dos eixos correspondentes. Para as cidades que não tem o carnaval, sugiro que se faça um link com o carnaval fora de época que acontece em muitas cidades do interior, chamada "Micareta", o trabalho ficará mais consistente e interessante já que se trata de uma realidade e da cultura local.
SORAYASORAYA disse em 12/03/2014 17h23
A proposta é riquíssima. Eu e prof. Paula desenvolvemos na escola.
SORAYASORAYA disse em 12/03/2014 17h23
A proposta é riquíssima. Eu e prof. Paula desenvolvemos na escola.
PLATAFORMAPLATAFORMA disse em 27/02/2014 00h23
Ângelo, por favor, verifique se o vídeo a que se refere é o que lincamos, disponibilizado pelo canal FilosofiAArtE (https://http://www.youtube.com/watch?v=-tVSuVqxlFE), pois, após a exibição deste, outros vídeos ficam disponíveis na tela, como é padrão no Youtube, sobre o que não temos controle.
ÂNGELOÂNGELO disse em 22/02/2014 10h58
O que é esse vídeo final? Bizarro! Todo fanatismo é cego. O vídeo não combinou com tudo o que foi apresentado antes, que está bem legal.
PLATAFORMAPLATAFORMA respondeu em 26/02/2014 23h52
Olá, Ângelo, a proposta do vídeo é apresentar uma perspectiva histórica do Carnaval no Brasil, desde a colonização, com o entrudo, até os dias atuais.
MILDE PEREIRA DA SILVAMILDE PEREIRA DA SILVA disse em 21/02/2014 14h28
Vocês estão de parabéns!!!!! É simplesmente maravilhoso todos os materiais que nos proporcionam enriquecer nosso trabalhos.
PLATAFORMAPLATAFORMA respondeu em 26/02/2014 23h57
Ficamos felizes com o retorno, Milde! Por favor, caso tenha experimentado essa proposta com a turma, relate para nós como foi!
FABIAFABIA disse em 20/02/2014 16h10
Riquíssima as atividades propostas.Através dela as crianças poderão desenvolver sua oralidade e além de tudo será proporcionado momentos de arte e rever a cultura do local.
PLATAFORMAPLATAFORMA respondeu em 26/02/2014 23h59
É o que esperamos, Fábia! Conte como foi a experiência, caso tenha se inspirado na proposta!
Licença Creative CommonsEste trabalho foi licenciado com
uma Licença Creative Commons
PARCERIAS