Compartilhar Facebook   
Favoritar
ACERVOEXPERIMENTE — CONTA OUTRA: MITOS E LENDAS NO ENSINO DE CIÊNCIAS...

Conta outra: mitos e lendas no ensino de Ciências

Início da conversa
Vivemos uma mudança de paradigma na educação. Novos pensadores da área propõem que busquemos formas de trabalho descoladas dos objetivos conteudistas e que se dê prioridade à formação integral do aluno, possibilitando a discussão e a reflexão sobre valores, sentimentos e a busca pela conciliação entre o que se aprende na escola e o que se vive.
Mas como fazer isso de forma a contemplar os conteúdos presentes no currículo e ainda desenvolver uma prática transversal dentro da organização disciplinar da escola?
Foi pensando nestas questões que este Experimente foi escrito! A proposta é orientada para o trabalho com alunos do Ensino Fundamental II, na área de Ciências, mas pode ser adaptado a turmas de Ensino Fundamental I, de acordo com a abordagem do professor.

Público-alvo:
 
alunos do Ensino Fundamental II. 


Objetivos:
• trabalhar conteúdos de Ciências de forma transdisciplinar, contemplando nas aulas questões sobre identidade, cultura, tradição e literatura; 
• conhecer um pouco da cultura do Brasil e do mundo, por meio da leitura de lendas e mitos de diversos povos e tradições;
• relacionar mitos e lendas ao seu local de origem, por meio do estudo das características socioambientais destes locais;
• desenvolver formas alternativas de trabalho no ensino de Ciências.


Materiais necessários:
 diversos livros sobre lendas e mitos do Brasil e do mundo;
• mapas geográficos;
• vídeos, documentários e filmes;
• computadores com acesso à internet ou livros para pesquisa sobre os locais de origem das lendas e mitos a ser trabalhados;
• livro de ciências como suporte didático de conteúdo específico;
• material de artes (lápis de cor, canetinhas, pincéis, tintas...);
• retalhos, agulha e linha (para a produção de colcha de retalhos da avaliação).


Sugestão de encaminhamento:
A ideia inicial é que possamos trabalhar com os alunos a origem do conhecimento e com base nisso suscitar reflexões sobre a produção do conhecimento popular e tradicional e, posteriormente, do conhecimento científico.
Primeiro, propõe-se que se discuta com a turma a importância dos mitos e das lendas entre os povos antigos, na busca de explicações sobre a origem do mundo, a organização dessas sociedades, valores sociais, éticos e filosóficos.
Num segundo momento, sugere-se que os estudantes tragam livros sobre histórias e lendas de diversas regiões do mundo. Geralmente, as bibliotecas escolares possuem muitos exemplares de livros com estes temas.
Sugerimos que organize grupos de 3 ou 4 alunos. Distribua os livros entre os grupos e peça que cada estudante consulte a obra com calma e escolha uma narrativa para contar para a turma. 
Oriente-os que leiam o conto e façam um desenho com base nessa leitura. O desenho será a ilustração da história que cada um vai narrar para os colegas em uma roda de contação. Combine com eles um tempo adequado para que preparem a apresentação e marque a data do evento.

1 2 3 
MAIS EXPERIMENTE
Ampliar o letramento pelo esporte
Como relacionar futebol e letramento por meio de diferentes linguagens e mídias?...
Organizar um baile de Carnaval
A origem do Carnaval remonta a celebrações pagãs...
Despertar o espírito investigativo...
É muito comum, na escola, solicitarmos pesquisas a nossos alunos. Contudo, muitas...
Ler e contar clássicos para...
Já faz tempo que os contos clássicos – também denominados...
Conhecer pessoas por e-mail
As Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) alteraram...
VOLTAR
COMENTÁRIO(S)
Faça login para comentar neste artigo, clique aqui!
ANA MARIAANA MARIA disse em 06/03/2017 19h17
Que maravilhosa ideia de trabalhar mitos e lendas interdisciplinando com Ciências. Esses conteúdos dão prazer, gera curiosidade e aguça o interesse dos alunos.
PLATAFORMAPLATAFORMA respondeu em 14/03/2017 13h02
Que bacana, Ana Maria! Esperamos que realize um bom trabalho. :)
Licença Creative CommonsEste trabalho foi licenciado com
uma Licença Creative Commons
PARCERIAS