Compartilhar Facebook   
Favoritar
ACERVODICAS LETRADAS — TODAS AS DICAS — SITE "APRENDER LINGUAGEM (0-5 ANOS)"

Site "Aprender Linguagem (0-5 anos)"

O desenvolvimento da linguagem infantil é um processo complexo, que envolve múltiplas dimensões: afetivas, corporais, sociais e intelectivas. Nas palavras do educador italiano Loris Malaguzzi, “A criança é feita de cem. / A criança tem cem mãos, cem pensamentos, cem modos de pensar, de jogar e de falar. / Cem, sempre cem modos de escutar as maravilhas de amar. / Cem alegrias para cantar e compreender. / Cem mundos para descobrir. Cem mundos para inventar. / Cem mundos para sonhar” (As cem linguagens da criança. Porto Alegre: Artmed, 1999).


Como se dá o desenvolvimento linguístico dos bebês e das crianças pequenas? O que significam os primeiros gestos, balbucios, os choros, as birras? E como os adultos – pais, educadores – podem interagir, estimulando esse desenvolvimento? Essas e outras questões são abordadas no site Aprender Linguagem, um guia sobre os processos de aquisição da linguagem entre 0 e 5 anos de idade.


Dirigido a famílias e educadores que desejam favorecer o desenvolvimento da linguagem, o site apresenta três níveis de informação:
• perguntas que todos nós fazemos e as respectivas explicações dos especialistas;
• estratégias e pautas de atuação;
• fundamentações teóricas do conteúdo.


Essas informações são apresentadas de forma acessível e atraente, mesclando texto escrito e imagem. O conteúdo é organizado em quatro fases − dos 0 aos 18 meses; dos 18 meses aos 3 anos; dos 3 aos 4 anos; e dos 4 aos 5 anos. Na primeira fase, o leitor encontra temas relacionados ao desenvolvimento da linguagem na respectiva faixa etária. Os temas são divididos em: 

Ao tratar da interação, focam-se a relação mãe e filho: a comunicação com o bebê, envolvendo gestos, expressões faciais, vocalizações e a própria linguagem verbal; passando para a interação entre mãe, filho e objeto, quando o bebê começa a ampliar seu universo e responder à interação por meio de olhares, vocalizações, gestos e toques em objetos, o que é um sinal de que começa a compreender; até a imitação e simbolização, quando a criança passa a imitar a mãe e/ou o pai, o que sinaliza o princípio da simbolização. 


Às cenas do cotidiano infantil, representadas por meio de ilustrações e diálogos em balões, no estilo de histórias em quadrinhos, seguem-se as explicações dos especialistas sobre o que essas cenas significam na aprendizagem linguística das crianças.


Na segunda e na terceira fase (dos 2 aos 3 anos e dos 3 aos 4 anos), os temas relacionados ao desenvolvimento da linguagem são: Vocabulário, Fonética e Fonologia, Gramática e Discurso. No primeiro tópico, abordam-se questões relacionadas às condições de interação, compreensão e produção de palavras. Já em Fonética, trata-se da percepção e produção de sons e palavras. No item Gramática, abordam-se cenas da construção gramatical pela criança (combinação de palavras, frases e fala segundo a gramática) e situações propícias (jogos em que o adulto interage com a criança, descrevendo, perguntando, comentando ou pedindo algo). Finalmente, em Discurso, aborda-se o desenvolvimento da linguagem em situações sociais diversas – como conversas, narração, leitura de histórias e jogos de linguagem – nas quais as crianças entendem e produzem mensagens. 


Por fim, na quarta fase (dos 4 aos 5 anos), além de Vocabulário, Gramática e Discurso, passa-se a abordar o tema Língua Escrita. Nesse item, discute-se o processo de entrada das crianças no mundo da escrita com a mediação dos adultos. Abordam-se o trabalho com textos de diversos gêneros, situações de alfabetização, a relação entre vocabulário e linguagem escrita, bem como o desenvolvimento da consciência sobre aspectos da linguagem e a relação com a aprendizagem da escrita.


Em todas as fases, são apresentadas formas para o educador, sejam os pais, sejam os professores, ajudar a criança nesse processo.



O site é coordenado pela educadora argentina Ana Teberosky, pesquisadora e autora de diversos livros sobre alfabetização. A partir dos anos 1980, junto com Emilia Ferreiro, desenvolveu estudos sobre a aprendizagem da língua escrita entre as crianças, o que resultou na célebre Psicogênese da língua escrita.


Mais sobre linguagem e infância:
Navegue pelo Especial “Aprendizado inicial da escrita". Trata-se de uma proposta idealizada por Magda Soares com base na perspectiva psicogenética.
Leia o artigo “Os bebês interrogam o currículo: as múltiplas linguagens na creche”, na seção Para Aprofundar.

MAIS LIDAS
Novo livro de Magda Soares aborda a alfabetização no Brasil Novo livro de Magda Soares aborda a alfabetização no Brasil
A obra recém lançada da autora conta a história da alfabetização no Brasil. Leia resenha do pesquisador Antônio Gomes Batista.
A beleza de Saramago em animação A beleza de Saramago em animação
"A maior flor do mundo", livro infantil de José Saramago, é adaptado em animação feita com massinha.
VEJA MAIS
Coluna: Querido diário
Texto do escritor Jorge Miguel Marinho fala sobre a íntima relação entre o diário pessoal e seu autor.
VOLTAR
COMENTÁRIO(S)
Faça login para comentar neste artigo, clique aqui!
MARIA JOSEMARIA JOSE disse em 23/01/2016 22h27
Tenho certeza que muito enriquecerá meus trabalhos em classe. Por gentileza, quando iniciarão novas turmas? Adorei os materiais. Desde já agradeço.
SEVERINA COELHO DE CASTROSEVERINA COELHO DE CASTRO disse em 14/12/2015 17h59
GOSTEI DEMAIS DOS PROJETOS,GOSTARIA DE SABER QUANDO VAI HAVER VAGAS EM JOÃO PESSOA,POIS ME INTERESSA MUITO PARTICIPAR, O TRABALHO É NOTA 10. SÓ TEM UM DETALHE SOU DA REDE ESTADUAL, MAS GOSTARIA DE LEVAR PARA MINHA ESCOLA AS IDEIAS.OBRIGADO.
FLÁVIAFLÁVIA disse em 11/12/2015 06h48
Não encontro neste texto o endereço do site indicado: seria: http://aprenderlinguagem....-somos-nos.html
JOSE AUDELINO ALMEIDA NUNESJOSE AUDELINO ALMEIDA NUNES disse em 10/12/2015 19h20
É um material muito rico e bem diversificado.
Licença Creative CommonsEste trabalho foi licenciado com
uma Licença Creative Commons
PARCERIAS