Compartilhar Facebook   
Favoritar
ACERVODICAS LETRADAS — TODAS AS DICAS — POVOS INDÍGENAS NO BRASIL MIRIM

Povos indígenas no Brasil Mirim

Ainda existem ou ficaram no passado? São todos iguais? E aqueles que usam celular e calça jeans? O que podemos aprender com eles? Quando se trata de povos indígenas, perguntas como essas são comuns, principalmente entre as crianças.


Com o objetivo de ampliar os conhecimentos sobre os povos indígenas entre o público infantojuvenil, o Instituto Socioambiental (ISA) lançou o livro Povos indígenas no Brasil Mirim. “O principal objetivo desse livro é desconstruir uma ideia genérica de que esses povos ficaram no passado e que não existem mais no Brasil contemporâneo”, afirma a antropóloga Tatiane Klein, do ISA.


Atualmente, o Brasil abriga 246 povos indígenas, em um total de 900 mil pessoas que falam mais de 150 idiomas. Segundo a pesquisadora, a publicação busca abranger o maior número de diferenças entre os povos, mas também analisar as semelhanças. “Temos muitos textos sobre povos que vão além da Amazônia, como na região do Xingu, também índios do Amapá e os Guarani, que vivem em uma situação de vulnerabilidade importante de se mostrar para as crianças."


Como base de argumentação, a obra foca na desnaturalização dos olhares dirigidos aos indígenas, muitas vezes carregados de preconceitos e equívocos. Há até textos escritos por crianças indígenas que ajudam a quebrar preconceitos, como a ideia de que os indígenas não são capazes de se comunicar em português, ou de que eles não têm projetos de futuro, atenta a antropóloga.


A publicação apresenta ainda o papel das mitologias no universo cultural indígena, reproduzindo algumas narrativas, porém alertando que essas histórias não são a única fonte de conhecimento desses povos. “Tentamos mostrar como alguns temas estão presentes nas mitologias de alguns povos das Américas. Há comparações com mitologias inuítes, no Canadá, sobre a descoberta do fogo, ou mesmo a criação do Sol e da Lua”, esclarece.


Organizado em quatro capítulos – “Quem são”Onde estão”, “Como vivem” e “Antes de Cabral” –, o livro é uma versão impressa do site Povos Indígenas no Brasil Mirim. Tanto o livro como o site foram construídos com base na interação com crianças, jovens e educadores que pediam materiais para usar nas escolas. A adaptação para o formato livro democratiza o acesso a temas da história e cultura dos povos indígenas e oferece instrumentos para que eles estejam cada vez mais presentes nos currículos escolares – como determina a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB).


Além do livro, o ISA mantém o portal Povos indígenas no Brasil Mirim, em que disponibiliza vídeos, jogos e textos sobre a cultura e a história indígena.


Você sabe o que é toré? Descubra no vídeo abaixo, que se encontra no portal.



POVOS INDÍGENAS NO BRASIL MIRIM
Autor/editor: Instituto Socioambiental (ISA)
Ano: 2016

MAIS LIDAS
Novo livro de Magda Soares aborda a alfabetização no Brasil Novo livro de Magda Soares aborda a alfabetização no Brasil
A obra recém lançada da autora conta a história da alfabetização no Brasil. Leia resenha do pesquisador Antônio Gomes Batista.
A beleza de Saramago em animação A beleza de Saramago em animação
"A maior flor do mundo", livro infantil de José Saramago, é adaptado em animação feita com massinha.
VEJA MAIS
Coluna: Querido diário
Texto do escritor Jorge Miguel Marinho fala sobre a íntima relação entre o diário pessoal e seu autor.
VOLTAR
COMENTÁRIO(S)
Faça login para comentar neste artigo, clique aqui!
IRIS SOLANGE CAVALCANTIIRIS SOLANGE CAVALCANTI disse em 19/08/2016 22h41
Retificando: Encantada com o vídeo dos povos indígenas, o qual retrata o Toré da Segunda Corrida do Umbu.
IRIS SOLANGE CAVALCANTIIRIS SOLANGE CAVALCANTI disse em 19/08/2016 22h38
Fiquei encantada co o vídeo dos povos indígenas. Muito bom mesmo.
IRIS SOLANGE CAVALCANTIIRIS SOLANGE CAVALCANTI disse em 19/08/2016 22h32
Toré também é a dança dos povos indígenas da Aldeia Xukuru, em Pesueira-PE, minha terra natal.
Licença Creative CommonsEste trabalho foi licenciado com
uma Licença Creative Commons
PARCERIAS